Tim(88)9761-4880

Homem picado por cobra morre por falta de soro no hospital de Jaguaruana

Um funcionário do hospital, que não quis ter a identidade revelada, confirmou à reportagem a falta do soro na unidade

A falta de soro antiofídico no Hospital Nossa Senhora da Expectação é apontado como a possível causa da morte de um agricultor identificado como Orlando do Zé Paulo, que residia na localidade Volta, zona rural de Jaguaruana. Ele morreu na última segunda-feira (11), em Russas, após ser transferido de Jaguaruana, depois de ter sido picado por uma cobra venenosa.

Primeiro, Orlando se dirigiu sozinho para o hospital de Jaguaruana, mas na unidade não havia o soro. O homem foi, então, transferido para Russas, onde morreu logo depois de chegar. Pessoas próximas acreditam que, se o agricultor tivesse sido medicado imediatamente no hospital de Jaguaruana, ele não teria morrido.

Um funcionário do hospital, que não quis ter a identidade revelada, confirmou à reportagem a falta do soro na unidade. Segundo ele, a medicação teria salvado a vida do agricultor se ele tivesse sido medicado horas depois do incidente.

O OUTRO LADO

O Jaguaruana News tentou contato Hospital mas os telefonemas não foram atendidos. O JN deixa o espaço aberto para esclarecimentos futuros.

12 de MAR de 2019 às 15:17:58
Fonte: Jaguaruana News
imagem

A falta de soro antiofídico no Hospital Nossa Senhora da Expectação é apontado como a possível causa da morte de um agricultor identificado como Orlando do Zé Paulo, que residia na localidade Volta, zona rural de Jaguaruana. Ele morreu na última segunda-feira (11), em Russas, após ser transferido de Jaguaruana, depois de ter sido picado por uma cobra venenosa.

Primeiro, Orlando se dirigiu sozinho para o hospital de Jaguaruana, mas na unidade não havia o soro. O homem foi, então, transferido para Russas, onde morreu logo depois de chegar. Pessoas próximas acreditam que, se o agricultor tivesse sido medicado imediatamente no hospital de Jaguaruana, ele não teria morrido.

Um funcionário do hospital, que não quis ter a identidade revelada, confirmou à reportagem a falta do soro na unidade. Segundo ele, a medicação teria salvado a vida do agricultor se ele tivesse sido medicado horas depois do incidente.

O OUTRO LADO

O Jaguaruana News tentou contato Hospital mas os telefonemas não foram atendidos. O JN deixa o espaço aberto para esclarecimentos futuros.

12 de MAR de 2019 às 15:17:58
Fonte: Jaguaruana News