Tim(88)9761-4880

PF cumpre mandados contra deputado federal eleito do Ceará

Operação cumpre mandados na sede da Prefeitura de Juazeiro do Norte e em casas de empresários e secretários

A Polícia Federal realiza na manhã desta quinta-feira (20)  uma operação em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri do Ceará, contra um esquema de compra de votos.

Segundo a Polícia Federal, o deputado federal Pedro Bezerra, filho do prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, teria vencido a eleição de 2018 utilizando a máquina pública e coagindo servidores e funcionários da prefeitura da cidade.

Durante operação, agentes cumpriram mandados em residências de empresários, secretários, além da sede da Prefeitura de Juazeiro do Norte. Um hospital na cidade do Crato, uma fundação localizada em Juazeiro do Norte e outra em Barbalha também foram vistoriadas pelos policiais federais.

Os policiais apreenderam celulares e documentos que serão analisados pelos agentes. 

A Operação leva o nome de Graham Bell, inventor do telefone, porque a investigação se deu após apuraçõs feitas com telefones apreendidos na primeira fase da operação, batizada de Voto Livre, realizada na véspera do primeiro turno das Eleições 2018.

20 de DEZ de 2018 às 09:00:01
Fonte: Diário do Nordeste
imagem

A Polícia Federal realiza na manhã desta quinta-feira (20)  uma operação em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri do Ceará, contra um esquema de compra de votos.

Segundo a Polícia Federal, o deputado federal Pedro Bezerra, filho do prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, teria vencido a eleição de 2018 utilizando a máquina pública e coagindo servidores e funcionários da prefeitura da cidade.

Durante operação, agentes cumpriram mandados em residências de empresários, secretários, além da sede da Prefeitura de Juazeiro do Norte. Um hospital na cidade do Crato, uma fundação localizada em Juazeiro do Norte e outra em Barbalha também foram vistoriadas pelos policiais federais.

Os policiais apreenderam celulares e documentos que serão analisados pelos agentes. 

A Operação leva o nome de Graham Bell, inventor do telefone, porque a investigação se deu após apuraçõs feitas com telefones apreendidos na primeira fase da operação, batizada de Voto Livre, realizada na véspera do primeiro turno das Eleições 2018.

20 de DEZ de 2018 às 09:00:01
Fonte: Diário do Nordeste